Filmes

A História do Museu Ghibli e seus 12 anos de Funcionamento

O Museu Ghibli hoje comemora 12 anos desde sua abertura. Localizado em Mitaka, foi elaborado pelo próprio Hayao Miyazaki. O projeto foi influenciado pela arquitetura européia, como a vila de Calcata, na Itália. Seu planejamento começou em 1998. Já a construção começou em Março de 2000, e foi aberto oficialmente 01 de Outubro de 2001.  Em si é uma obra caprichosamente desenhada que remete aos diferentes filmes, e muitos de seus famosos personagens estão lá, incluindo o robô em tamanho real de Laputa no jardim da cobertura.

EntradaTotoro gigante na entrada do Museu, em Mitaka.

O primeiro andar do museu apresenta a história e as técnicas de animação e tem um pequeno auditório onde são projetados curtas metragens produzidos exclusivamente pelo Studio Ghibli para o Museu, com uma programação nova a cada mês.

O segundo andar abriga exposições temporárias especiais.
O Museu tem ainda um café, um parque infantil, um jardim na cobertura e uma loja de souvenir.

Museu GuideGuia do Museu com o projeto criado pelo próprio Miyazaki.

Seu lema é: “Vamos perder o nosso caminho juntos”.

Exposições Permanentes

No piso inferior está uma sala de exposição mostrando a história e a ciência de animação. Um dos displays é um zootrópio tridimensional chamado “Bouncing Totoro” (em português seria “Totoro Saltitante”) que contém miniaturas de morcegos sorridentes e personagens como o Nekobus, Satsuki, Mei, um grande Totoro juntamente com os menores, cada um em uma pose ligeiramente diferente, dispostos em anéis e girando em uma mesa. O estroboscópio joga faixos de luz que cintilam junto dos modelos rotativos, iluminando cada um à medida que passam pelo mesmo local, criando uma ilusão de movimento que mostra como a animação funciona.

P01IM27-e1403612717938

Sala de Animação

No primeiro andar está uma sala que simula a de um estúdio de animação, com desenhos, quadros de história, material de referência e mais para olhar. Também é mostrado o processo de criação de um filme de animação, a partir de esboços, storyboards, keyframing, coloração, pintura de fundo, etc

Sala de Animação

Tri Hawk’s

Inaugurada em 6 de fevereiro de 2002, é uma livraria e sala de leitura do Museu Ghibli. A equipe também faz leituras de livros encontrados na exposição a os que estão a venda em Tri Hawk’s.

Tri Hawk's

Mamma Aiuto!

Localizada na parte superior do Museu Ghibli, é a loja de lembranças que tem o nome da gangue de piratas aéreos do filme Porco Rosso.

Mamma Aiuto!

Straw Hat Cafe

É a cafeteria temática e único restaurante do Museu Ghibli com personagens de filmes do Studio. Foi criado com a ajuda de uma dona de casa que também é mãe de quatro filhos. Hayao Miyazaki quis que a comida do café fosse “uma espécie de comida caseira”. O café utiliza ingredientes frescos e todas as frutas e legumes utilizados na alimentação do café são cortadas à mão.

Straw Hat Cafe

Jardim da Cobertura

No piso superior do museu existe um jardim com uma estátua em tamanho real do robô de Laputa. O robô foi feito por um artista chamado Kunio Shachimaru. A estátua é feita de bronze e levou um ano para ser criada. A pedra angular de Laputa também pode ser encontrada lá. A pedra que possui uma inscrição em antigo cuneiforme persa, é uma réplica da pedra da sala de controle encontrado no castelo flutuante, Laputa.

Jardim

Nekobus Room

Há também uma área infantil para crianças com até 12 anos onde fica um Nekobus gigante, igual o do filme Meu Vizinho Totoro, para brincar dentro. A palavra Mei, escrito em hiragana, está na placa de destino do Nekobus.

Nekobus

Saturn Theater

Localizado no piso inferior do Museu Ghibli é o local de exibição de vários curtas-metragens. Estes só podem ser vistos no Museu. O Saturn Theater tem janelas automáticas inferiores que se abrem antes e depois de cada exibição de seus curtas-metragens. Isso ocorre porque Hayao Miyazaki desenhou o teatro com crianças pequenas em mente, que poderiam ter medo do teatro fechado. O museu exibe os seguintes curtas-metragens:

Saturn Theater

Koro’s Big Walk (Koro no dai-sampo)
Water Spider Monmon (Mizugumo Monmon)
Mei and the Kittenbus (Mei to Konekobasu)
The Day I Harvested a Star (Hoshi o Katta Hi)
The Whale Hunt (Kujiratori)
Looking for a home (Yadosagashi)
A Sumo Wrestler’s Tail (Ch?zum?)
Mr. Dough and the Egg Princess (Pan dane to tamago hime)
Treasure Hunt (Takara Sagashi)

Exibições Especiais

Além de exposições Ghibli orientadas, o Museu abriga uma área onde traz outros trabalhos de animação. Essas exibições não são permanentes.

O horário de funcionamento do Museu é das 10:00 às 18:00. Ele fica a 15 minutos a pé da estação de Mitaka. Há também um ônibus que vai da estação Mitaka ao Museu a cada 10 minutos. É necessário que as entradas sejam compradas com antecedência tanto em agências de viagens quanto na loja de conveniência Lawson no Japão.

Site oficial do Museu Ghibli

Amanda Rotta

Amanda Rotta

Me chamo Amanda, tenho 27 anos e sou a responsável pela Studio Ghibli Brasil. Faço a curadoria dos temas que são divulgados aqui e nas redes sociais, e escrevo também as matérias para o site. Contato: amanda@studioghibli.com.br
Saiba mais sobre o site.

Leia também:

Hayao Miyazaki com suspeita de doença cardíaca.
Hayao Miyazaki vence prêmio no Annie Awards
[Resenha] DVD de 'Vidas ao Vento'

Comentários

Comentários