Filmes

Hayao Miyazaki poderá fazer curta metragem

Toshio Suzuki participou ontem (7/08) de uma entrevista bem descontraída no programa matinal da televisão japonesa, o Asaichi da emissora NHK, também conhecido como Morning Market na NHK internacional.

Entre os vários assuntos abordados o que mais chamou a atenção foi a declaração de Suzuki quanto ao desejo de Hayao Miyazaki em dirigir um novo curta-metragem. Segundo Suzuki, Miyazaki ainda se emociona com a felicidade das crianças frente as tais produções, em especial as do Museu Ghibli, em Mitaka, região metropolitana de Tóquio.

Hayao-Miyazaki-post2Leia mais: Hayao Miyazaki fala de aposentadoria em Coletiva 

Susuki acredita que Miyazaki voltará para fazer uma obra curta, mas temos que lembra que não foi uma declaração de compromisso.

No mesmo bloco, temos a exibição de um trecho de uma reunião interna no Studio Ghibli de novembro do ano passado, após o anúncio da aposentadoria na produção de longas de Hayao Miyazaki. Neste trecho de documentário, vemos Hiromasa Yonebayashi comentando o futuro da empresa.

Hiromasa diz que mesmo sem o Takahata e o Miyazaki eles são capazes de produzir boas obras e incentiva a equipe a continuarem com o bom trabalho. Também comentam a rivalidade de irmão que existe entre Yonebayashi e Goro Miyazaki.

marnie1When Marnie Was There (acima) está em sua 3ª semana em cartaz no Japão

Um dos apresentadores comenta que assistiu a ultima produção When Marnie Was There (Omoide no Marnie), e percebeu a existência de uma característica Ghibli, mas com um algo novo. A mesma foi a primeira obra do estúdio sem a participação de Miyazaki ou Takahata.

Outro ponto importante que Suzuki comentou foi da vontade de Goro Miyazaki de se diferenciar do pai, e dentro desta idéia, Suzuki sugeriu o desafio de trabalhar com BS Premium na produção da série Ronja, A Filha do Ladrão.

ronjatherobbersdaughterghibli_crop‘Ronja, A Filha do Ladrão’, série do Studio Ghibli prevista para o fim deste mês.

Por fim, Suzuki comenta das mudanças que já começaram a acontecer na produção japonesa de animação de uma forma geral. Aponta que essa produção está se espalhando por países de toda a Asia como Malásia, Tailândia e Taiwan.

O clima geral da entrevista foi bem leve e descontraído. Suzuki fez vários comentários divertidos e brincou com os apresentadores.

Pessoalmente acredito que não demore muito para que Miyazaki coloque suas mãos para trabalhar em algum curta para o Museu Ghibli, o triste é que tais obras dificilmente serão disponibilizadas fora do mesmo. Mas podemos ter certeza que ainda vamos ter obras vindas do Hayao Miyazaki em diversos formatos como curtas, mangas e quem sabe o que mais. Afinal, ele é e sempre será o grande mestre Miyazaki.

Confira o vídeo da entrevista de Toshio Suzuki abaixo:

Fonte: cinematoday.jp

Monolice

Monolice

Responsável por atualizações de páginas e back office do site. Assistia Sailor Moon quando era criança e ficou muito curiosa com o filme japonês que estava passando no cinema da cidade – A Viagem de Chihiro, que ganhou um Oscar e foi onde tudo começou para ela. Tem 28 anos, é natural do Sul de Minas – Poços de Caldas, frequenta a Campus Party sempre que pode e é formada em Ciência da Computação. Seu sonho é ter todas as obras do Studio Ghibli em BluRay e quando tiver filhos já sabe que o tema do quarto é Totoro. Seu filme favorito é Princesa Mononoke, mas sempre que pode repete uma dose de O Castelo Animado, já que Sophie é sua personagem favorita.
Saiba mais sobre o site.

Leia também:

Vidas ao Vento na disputa ao Oscar neste domingo
'When Marnie Was There' ganha trailer definitivo!
Série do Studio Ghibli 'Ronja, a Filha do Ladrão' é indicada ao Emmy

Comentários

Comentários